05 novembro 2009

traço 075

Deveria chamar-te claridade pelo modo espontâneo, franco e aberto, com que encheste de cor meu mundo escuro. 

Vinícius de Moares.

4 comentários:

  1. eu chamo isso de amor. Pessoas que sabem pincelar arco-íris, enxer o céu de furta-cor. É dom de poucos.

    ResponderExcluir
  2. O bom é quando essa claridade permanece... mesmo distante.

    ResponderExcluir
  3. Isso me fez pensar numa luz no fim do túnel... Pura metáfora.

    ResponderExcluir
  4. quando algo xega dando um colorido, é inevitável não falar disto :)

    ResponderExcluir

rabisque!