02 fevereiro 2010

traço 121

Tenho muitas coisas pra esquecer, só não esqueço aquelas que causaram dor. Eu daria tudo pra afogá-las nesse mar de perdas que se chama amor.


- do mais que poeta, Gian Fabra (o que dança com as palavras.)

2 comentários:

  1. Que lindo!

    Acho que a dor de amor, é a mais difícil de se esquecer. Não sei. Mas não acredito muito naquela coisa de que o tempo ajuda a curar todas as feridas de amor. Não acredito nem em cicatrizes que não doem. Tudo que já foi dor se torna inesquecível.

    ResponderExcluir
  2. Afogá-las, pouco a pouco, seria o certo.Essas tão poucas palavras definem tudo ,que não sei dizer.

    ResponderExcluir

rabisque!