13 fevereiro 2010

traço 140

Nem importa, ao velho Tempo,  que sejas fiel ou infiel...  Eu fico, junto à correnteza, olhando as horas tão breves... E das cartas que me escreves faço barcos de papel!

Mario Quintana em A Cor do Invisível

Nenhum comentário:

Postar um comentário

rabisque!