18 julho 2010

traço 221

Nem sempre sou igual no que digo e escrevo.
Mudo, mas não mudo muito.
A cor das flores não é a mesma ao sol
De que quando uma nuvem passa
Ou quando entra a noite
E as flores são cor da sombra.


Alberto Caeiro

2 comentários:

  1. é o ser humano, que mesmo fora do seu habitat natural, faz-se natural em qualquer habitat.

    ou, pelo menos, deveria, pra facilitar as coisas.

    ResponderExcluir
  2. as flores são conhecidas pelo formato e pela cor...
    mas tbm são de cheiros, pra alguns são de odor!

    (:

    ResponderExcluir

rabisque!