07 setembro 2010

traço 236

Estou cansada de viver como se já fosse uma pessoa adulta e madura. Gostaria de voltar a ser criança – uma garotinha de seis anos que caiu da bicicleta. Gostaria de fazer cara de choro e correr aos berros para a cozinha, onde minha mãe me ergueria do chão, me daria um forte abraço e beijaria meu joelho esfolado. Eu pararia de chorar e tomaria leite com chocolate para a dor passar. Essa é uma das coisas que as pessoas não nos ensinam quando falam de crescer: como lidar com as dores que não passam com um beijo.

do livro Soul Love - A Noite o Céu é Perfeito

12 comentários:

  1. voce suuuumiu , fez falta :/ !
    Peeeeeeeeerfeito o texto como sempre ;
    amo todos seus traços *-*

    ResponderExcluir
  2. Como ja disse um grande poeta:
    Saudades da aurora de minha infancia...

    http://codignolle.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Nossa Carol, Parabéns...
    Você escreve com a alma.
    Seu Blog é lindo!
    Seguindo :)

    Recomendação:
    Segue também! http://dmulekiitah.blogspot.com/

    beijoo

    ResponderExcluir
  4. Os traços da infância são mais envolventes e marcam de forma muito mais profunda.

    Parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir
  5. Adorei!
    Rebloguei no meu tumblr... passa lá depois!
    beijo!

    ResponderExcluir
  6. Aproveitei o embalo e me espelhei aqui.. vê o resultado : http://surpresasinesperadas.blogspot.com/2010/09/tudo-mudou.html

    beijos

    ResponderExcluir
  7. Quanto teeeeeeeeeeeeempo!!!! Adorei o fragmento do livro, doce, sublime, encantador. Quantas vezes me faço esse pergunta... mas acho que umas das coisas de adulta é isso: da a cara pra bater.

    ResponderExcluir
  8. Adorando o blog. ^^ Já estou seguindo.
    Sucesso. :*

    ResponderExcluir
  9. aaaaaaaaaamei *-*
    seguindo aqie, segui la tbm ?
    http://informadasempre.blogspot.com/

    ResponderExcluir

rabisque!